Executivas de diferentes empresas tecnológicas debateram no Lumen Latam Forum Virtual Experience como certas soluções digitais podem levar as empresas a um futuro mais heterogêneo e justo.

Durante o primeiro dia do Lumen LATAM Forum Virtual Experience 2021 ocorreu um painel sobre Transformação do Mindset Executivo | Liderança e Cultura Empresarial, no qual se discutiu a diversidade, igualdade e inclusão como novos paradigmas nas empresas. Entre os painelistas estavam Alba San Martín, diretora sênior de canais da Cisco Systems América Latina; Isabel Velarde, diretora regional da Women in Tech para a América Latina e Caribe; e Cecilia Giordano, presidente e CEO da Mercer para a Argentina, Uruguay e Paraguay. A mesa foi moderada por María Eugenia Lasta, VP de Transformação de Negócios da Lumen. 

O primeiro ponto em comum entre as três participantes foi que a diversidade e a inclusão se tornaram elementos fundamentais para a rentabilidade das empresas.  “A diversidade é um motor para gerar mais inovação, uma melhora do ambiente de trabalho e tem um impacto muito positivo nos negócios.  Se você tem mais perspectiva, diferentes óticas, diferentes históricos, raças, carreiras, orientação sexual, etc., terá uma abordagem diferente aos problemas e à forma de atacar o mercado”, garante Alba San Martín.  

“As palavras-chave são inclusão, igualdade e diversidade”, acrescentou Isabel Velarde. “Toda empresa que queira manter-se atual e rentável no mercado deve implementar políticas inclusivas e baseadas na igualdade”.  Entre as políticas a serem implementadas, Velarde propõe a igualdade salarial e a rejeição a qualquer tipo de discriminação. 

No entanto, Cecilia Giordano lembra que não é tão fácil acabar com vieses e preconceitos que persistem durante anos: “Há temas muito arraigados na cultura, nos vieses que os indivíduos têm.  Apesar de sabermos que a diversidade e a igualdade são chave, as lacunas aumentam”.  

A temática do forum focou no progresso humano e em tecnologias surpreendentes. Este painel formado por mulheres também abordou este ponto, ressaltando que durante a quarentena foi a tecnologia que permitiu que o mundo continuasse se movendo.  

Durante a pandemia, a tecnologia nos ajudou a entender como certas soluções digitais podiam ser essa ponte e ajudar a resolver problemas globais.  Nos deu lições para sermos mais inclusivos. Por exemplo, as pessoas que vivem muito longe ou pessoas com deficiências podem trabalhar neste ambiente híbrido. Se os deslocamentos para os escritórios são reduzidos, reduz-se também o trânsito e baixam os níveis de poluição”, indica Alba San Martín. Na Cisco, a diversidade está no centro de suas estratégias.  Por isto, com Webex, estão desenvolvendo uma plataforma de videoconferência que ofereça tradução simultânea.  Desta forma, poderão conectar pessoas de diferentes países e o idioma não será uma barreira. 

“A tecnologia nos prepara um futuro promissor conforme os diferentes vieses forem sendo corrigidos.  Primeiro, precisamos transformar a nós mesmos, porque estamos transferindo nossos vieses, preconceitos e estereótipos para a tecnologia”, sustenta Isabel Velarde. Por exemplo, a inteligência artificial está refletindo certos vieses e desenvolveu alguns algoritmos não inclusivos que foram identificados em dispositivos de reconhecimento facial que não reconhecem a diversidade.  

Cecilia Giordano reconhece que a tecnologia ao longo da humanidade tem tido um impacto positivo: “O que freia a transformação é o mindset, os vieses e os medos das pessoas de abraçar a tecnologia”.  

María Eugenia Lasta, VP de Transformação de Negócios da Lumen, comentou que alguns executivos podiam pensar que estes temas seriam importantes em um ou dois anos.  “No entanto, estas mudanças estão ocorrendo hoje, a diversidade é um tema atual, a inclusão é um tema atual, metodologias ágeis ou focos inovadores são necessários hoje.  O propósito da Lumen é promover o progresso humano alavancada na tecnologia e é assim que estamos transitando por esta quarta era de transformação”, enfatizou. 

O Lumen Latam Forum Virtual Experience continua de forma virtual na quarta-feira, 25 de agosto. Seguindo a temática do progresso humano e novas tecnologias, nesta data serão abordados o processamento de borda, a criação de um ecossistema com valor digital, o caso de sucesso da Waze, entre outros temas.  Você pode inscrever-se em: lumenlatamforum.com/registro

Disponible en Español (Espanhol)