Na era da Transformação Digital, a massificação das APIs torna-se fundamental para agilizar os processos de negócios, impulsionar a inovação corporativa e agregar valor para promover a competitividade. 

Na busca por melhorar a experiência digital dos usuários, as empresas e seus parceiros tecnológicos enfrentam o desafio constante de satisfazer as crescentes expectativas dos clientes.  No entanto, devem conseguir isto mantendo o nível de gastos sob controle e utilizando eficientemente os recursos humanos e técnicos.

Uma ferramenta que permite otimizar o uso da capacidade analítica é a automação dos processos de programação.  Aqui surgem as APIs (Application Programming Interface), ou Interfaces de Programação de Aplicações, que são um conjunto de protocolos de informática que estabelecem como as aplicações de software se comunicarão entre si para realizar a troca de dados e informação.  

De acordo com os números do BBBVA API Market[1], a quantidade de APIs públicas registrou um crescimento exponencial nas últimas décadas, passando de 299, em 2006 a 13.146, em 2015.  Este aumento no uso das APIs será o primeiro passo fundamental para se chegar à automação dos processos de programação. 

Na era da Transformação Digital, a massificação das Interfaces de Programação de Aplicações se torna fundamental para agilizar os processos de negócios, impulsionar a inovação corporativa e agregar valor para promover a competitividade. Ao mesmo tempo, as APIs também possibilitarão às empresas otimizar o uso da largura de banda, do armazenamento, além de permitir o ajuste das políticas e padrões de tráfego de forma dinâmica e em tempo real.

Segundo o Market Research Future[2], o mercado das APIs atingirá 763 milhões de dólares em 2022 e estas serão o principal meio de entrega de conectividade entre pares (peer-to-peer).  

Isto terá diversos impactos.  Por um lado, as equipes de vendas e de suporte poderão mudar seu foco, passando da intervenção humana a soluções orientadas por códigos.  Desta forma, as interações entre máquinas liberarão a capacidade analítica do recurso humano para destiná-lo a temas mais importantes, como a inovação. 

Além disto, a expansão dos mercados de APIs fornecerá ambientes peer-to-peer que facilitem o surgimento de parcerias estratégicas construídas em torno da integração de sistemas automatizados e da criação de novos serviços. 

Com as APIs, as empresas que estão experimentando um processo acelerado de digitalização poderão melhorar sua gestão empresarial, reestruturar seus processos em prol da inovação e desenhar eficientemente maneiras criativas de aproximar-se do cliente. 

Neste processo, melhorar a conveniência e a eficiência das tarefas de nossos clientes é parte central de nossos objetivos como empresa.  Para isto, é imperativo que aqueles que planejam beneficiar-se desta tendência e do apogeu das APIs contem com a infraestrutura de rede e as capacidades na nuvem necessárias para operar com total liberdade para ajustar sua oferta tecnológica diante de uma demanda cada dia mais exigente e fragmentada. 

 

[1] https://www.bbvaapimarket.com/es/mundo-api/infografia-que-es-una-api/ 

[2] https://www.marketresearchfuture.com/reports/cloud-api-market-2572 

Jon Paul "JP" McLeary

Autor:
Maria Eugenia Lasta
VP Business Transformation
Lumen LATAM

Disponible en Español (Espanhol) English (Inglês)